Uma das melhores e mais seguras formas de investir em renda passiva é criando uma carteira de investimentos. Isso exige um pouco de conhecimento para não ser “passado para trás” por agentes bancários ou espertinhos que agem no estilo “jeitinho brasileiro”, mas pode gerar muito dinheiro a longo prazo.

O que é uma carteira de investimentos?

Uma carteira de investimentos é um termo utilizado no mundo das finanças e se refere a um grupo de ativos que uma pessoa possui.

Como exemplo, imagine que você ganha uma determinado salário e aplica 20% na poupança mensalmente, depois de algum tempo você consegue uma renda extra mensal de valor semelhante e investe em fundos de renda fixa… Logo, em algum tempo, ganha um bom dinheiro com uma herança (raro, mas não impossível)  e compra ações de uma grande empresa…

Isso seria sua Carteira de Investimentos, contendo:

  • Poupança (baixo risco, baixo rendimento)
  • Fundo de renda fixa (baixo risco, rende mais que poupança)
  • Ações (pode ser arriscado, mas há chances de ganhar muito dinheiro)

Viu como não é tão difícil quanto parece?

2 Como fazer a análise de Perfil e quais investimentos devo iniciar?

Para começar, é preciso responder algumas perguntas:

  • Quanto dinheiro tenho para investir?
  • Em quanto tempo quero obter retorno?
  • Em que áreas profissionais sou excelente?
  • Qual meu conhecimento técnico sobre determinada área de interesse?

Para ficar mais fácil existe um teste online para descobrir que tipo de investidor você é e que tipo de investimentos são viáveis para você começar, e é bem simples, com apenas 10 questões:

http://blog.bussoladoinvestidor.com.br/teste-perfil-de-investidor/

Ou, se quiser, há outros testes mais complexos disponíveis online.

3 Como saber o melhor prazo para mim?

Prazo-carteira-investimentos-renda-passiva-residual

O prazo é o tempo que você vai esperar para realmente necessitar do dinheiro em sua conta:

Curto Prazo

Ideal para investidores de curto prazo, que geralmente são traders. Eles estão sempre tentando ganhar dinheiro rápido, entretanto utilizam uma grande quantia para investir. O período esperado para retorno é de até 6 meses. Entretanto, imagine Investir 1 milhão de dólares em ações, por exemplo, com a missão de ganhar 100 mil dólares até o fim da semana…

Médio Prazo

Geralmente utilizado por investidores que pretendem gerar mais renda do que poupança. Acreditam que, mesmo sem muito conhecimento sobre o mercado financeiro, atingirão maiores rendimentos em aplicações após aproximadamente 5 anos.

Longo Prazo

Utilizado comumente por investidores experientes ou empresas consolidadas, com um planejamento objetivo, inclusive com prevenção de prejuízos em caso de quedas no mercado financeiro. Por esse motivo há um monitoramento constante nas finanças dessas empresas. Este tipo de investimento geralmente demora mais de 6 anos para o retorno esperado.

4 Como identificar o risco?

Baixo risco

Ocorre quando a intenção é apenas “tirar o dinheiro do bolso”. Isso devido ao baixíssimo rendimento que é oferecido. São fundos de baixo risco:

  • poupança
  • tesouro direto
  • Fundos de renda fixa

Médio risco

Títulos de renda fixa, juntamente com ações ou algum outro tipo de investimento sensível ao mercado, são utilizados como opção de investimento mais seguro. Isso devido à segurança que oferecida, pois se houver perdas com ações, os fundos de renda fixa pode auxiliar a manter o portfólio de investimentos.

Alto risco

Geralmente são carteiras de investimento,onde a maioria dos investimentos são ações. Este tipo de investimento sofre muita variação devido a pressões do mercado, o que pode ser o fio condutor para o fracasso, mas também pode trazer muito dinheiro.

5 Como saber se devo alterar minha carteira de investimentos?

É importante saber o momento certo de mudar os investimento de uma carteira, ou seja, você deve estar sempre ligado ao mercado onde estão seus investimentos. Caso, por exemplo, você tenha investido em imóveis e a chance de surgir uma crise imobiliária é grande, é importante tirar um pouco de dinheiro do ramo de móveis e investir em alguma área mais estável.

6 Gerando renda passiva com Carteira de Investimentos

A fim de tornar sua carteira de investimentos uma fonte de renda passiva para toda a vida é importante:

  • Investir em educação financeira
  • Ter metas e objetivos
  • Planejar e executar seu plano de geração de renda

Esteja consciente que criar uma fonte de renda passiva é muito recompensador, mas exige muito trabalho, ou seja, não espere resultados rápidos, mas duradouros.

Invista em negócios gerenciáveis, que você entenda pelo menos um pouco, se não entende, aprofunde-se, isso trará domínio sobre seus investimentos sem tanto esforço intelectual. Somente assim podemos chamar de Renda Passiva, e não “workaholics income”

 


Redação Blog Renda Passiva

Somos a equipe de redação do blog renda passiva, fazemos curadoria do que há de melhor em informação sobre geração de renda passiva e criação de riqueza.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *